CaminhõesSGITecnologiaTransporte

Como a tecnologia ajuda na redução de acidentes e roubos nas estradas

As tecnologias disponíveis no mercado podem ser grandes aliadas para aumentar a segurança da sua operação.

Gerir uma frota de veículos não é tarefa fácil, ainda mais quando o assunto é prevenção de acidentes de trânsito! Estes causam enormes prejuízos de ordem social, material e principalmente lida com vidas.

Dessa forma, preparamos esse texto que aborda como a tecnologia evolui o mercado logístico de transportes e pode te ajudar, atuando na otimização da gestão de sua frota em aspectos como o controle de manutenção e do comportamento dos condutores, tendo em vista que estes escolham sempre uma direção segura para um trânsito mais humano e consciente.

1. Software de gestão de frota

A maioria das empresas já utilizam essa tecnologia, justamente como um facilitador da gestão, extinguindo o trabalho manual e facilitando o controle dos veículos. Isso se deve a produção de relatórios analíticos e gerenciais sobre a gestão da frota e das entregas, custos, percurso, jornada de trabalho e parada dos motoristas, pautados nas estatísticas reais recebidas. 

Os relatórios são fundamentais para que o gestor tenha um retrato preciso do que se passa com os veículos e com as entregas. Com isso, o gestor pode acompanhar a performance de cada ponto importante de sua operação e ter um embasamento mais sólido para a tomada de decisões estratégicas, o que frequentemente envolve a redução de custos e influencia diretamente na produtividade.

Por isso, é importante a adoção de um software de qualidade, que permita o gerenciamento dos dados necessários ao controle de frotas e possa ser acessado de qualquer dispositivo e por qualquer sistema operacional. Saiba mais sobre a melhor opção disponível no mercado.

2. Rastreador de veículos

Trata-se de um equipamento, instalado no veículo, responsável pelo envio de seu posicionamento durante a viagem, proporcionando o acompanhamento 24 horas, em tempo real. 

O rastreamento é feito via satélite por meio de GPS/GPRS. O que permite absorver um conjunto de informações importantes para o gestor, como controle de eventos (abertura e fechamento de portas, velocidade, aceleração etc.), bem como jornada de trabalho do motorista, relatórios gerenciais, controle de posições e, em determinados equipamentos, os dados de telemetria.

Ele ainda conta com sensores e atuadores em todo o veículo garantindo mais proteção para as cargas, onde é possível enviar alertas e bloquear o caminhão, se for necessário.

3. Telemetria

Composta por diferentes sensores instalados no equipamento de rastreamento do caminhão, a telemetria é um sistema que pode diminuir em 30% a ocorrência de acidentes.

Por meio da telemetria é possível acompanhar o comportamento do motorista em tempo real, coletar dados para geração de relatórios sobre as viagens e alertar o condutor quando condutas de riscos como velocidade acima da média, frenagens bruscas, uso de banguela e elevação dos eixos, ocorrem. Além desses fatores, outras informações são geradas sobre a jornada de trabalho do motorista, distância que o caminhão percorreu e tempo de inatividade do veículo, para facilitar a gestão da operação.

Todos os dados coletados pela telemetria podem ser reunidos, compilados e analisados com a ajuda de um software que possibilita monitorar a viagem via uma plataforma 100% digital.

4. Iscas eletrônicas

As iscas eletrônicas podem ser vistas como tecnologias complementares aos serviços de rastreamento ou como uma opção para redução de custos, já que a tecnologia é implantada dentro da carga e acionada para ser rastreada apenas em caso de roubo.

Sua principal vantagem é auxiliar na recuperação da carga após o sinistro, quando nem o veículo original nem a carga estão mais presentes.

5. Aplicativos com rastreadores mobile

Atualmente, esses aplicativos, podem ser instalados em smartphones e tablets, onde podem fazer o papel de um rastreador através do GPS do celular possibilitando o acompanhamento da sua carga em tempo real.

O principal diferencial do aplicativo é a sua praticidade, acessibilidade e custo. O motorista pode, por exemplo, utilizar seu próprio aparelho para verificar os locais de entrega e rotas determinadas, tirar uma foto na ocasião da entrega da mercadoria, registrar a assinatura do destinatário e preencher no sistema os dados necessários, trazendo uma gestão muito relevante à operação de modo barato necessitando apenas de acesso a dados móveis.

Quer saber o posicionamento do veículo, receber alertas e registrar a entrega ou recusa de sua carga, direto do celular? Clique aqui e conheça o aplicativo mais popular e eficiente do mercado. 


Todos esses dispositivos são aliados importantíssimos para aumentar a segurança de toda a operação. Mas para fazer a gestão e entender quais as tecnologias mais adequadas para a sua operação você precisa de uma equipe capacitada e especializada no assunto, as gerenciadoras de risco são as principais aliadas nesse quesito.

Conheça aqui a maior gerenciadora de riscos do mercado e saiba mais sobre o aplicativo de gestão de frota para maximizar a sua logística!

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Close
Close